Ásia

Yoga Barn – um centro de bem-estar em Bali, Indonésia

Um dos meus planos nesta viagem volta ao mundo era fazer um retiro de ioga na Índia. Mas não aconteceu. Não estou (nem minimamente) menos satisfeita com a minha estadia lá por conta disso e há bastante tempo fiz as pazes com o fato de que não dá pra fazer tudo, não dá pra ver tudo. Quando saio de um lugar e penso no que faltou ver e fazer, penso com delicadeza e carinho nas lindas razões pra voltar e instantaneamente meu coração se enche de esperança de rever o que fez encher os meus olhos e descobrir o novo que ficou inexplorado.

Quando cheguei em Bali, um dos centros de ioga do mundo, tive a certeza que era o momento e lugar perfeito para parar uns dias e olhar pra dentro de mim. Eu me apaixonei perdidamente por Ubud, e foi ali que decidi ficar pra trás, ver Gu partir para a Austrália, e por uns dias cuidar da mente, corpo e alma.

Ubud Bali Indonésia

Ubud Bali

Já eram nove meses na estrada, dormindo e acordando em camas diferentes, fazendo e desfazendo a mala, aprendendo “oi” e “obrigada” nos idiomas locais, inúmeras conversões de moeda, muitos vidros de repelente, caminhadas longas, temperos exóticos, mapas sendo desvendados, momentos fora da zona de conforto… Ou seja, o corpo e a mente sentiam o cansaço transbordar.

Em Ubud, cidade que exala bem-estar, encontrei o lugar perfeito para passar uns dias longe de turismo, listas de coisas pra fazer, guias, apresentações, cartões de visita, longe de tudo. Eu queria um encontro comigo mesma. Só nós duas. E neste período eu queria fazer ioga, meditação, tratamentos de ayurveda, comer comida saudável (macrobiótica e vegetariana) e pensar em tudo o que tinha vivido até aquele momento.

Porque a viagem é pelo mundo, mas a jornada é interna.

IMG_8029 v2

 

Yoga Barn, este centro de bem-estar é um lugar lindo, cheio de paz que me proporcionou tudo o que eu buscava naquele momento. Ele é de fato o lugar mais belo que já pratiquei ioga.

retiro de ioga yoga Yoga Barn Ubud Bali Indonésia

O Yoga Barn é mais que um estúdio de ioga, ele é um centro de cura holístico. O complexo tem aulas, workshops e palestras de ioga (todos os tipos), meditação, dança, medicina alternativa através do som, kirtan (cânticos indianos), entre outros. O centro de ayurveda tem massagens e outros tratamentos de desintoxicação e limpeza. Tudo isso aninhado entre casas tradicionais balinesas e arrozais, em um ambiente espiritualizado, relaxado, saudável, rústico, terreno e despretensioso.

IMG_2179 v2

Este centro de bem-estar é totalmente dedicado para a renovação, cura e desenvolvimento do corpo, mente e espírito.

Ali encontrei aulas de ioga que eu nem tinha ouvido falar. Tem de todos os tipo – hatha, vinyasa, power, pranayama, restaurativa, iyengar, yin, anusara…

retiro de ioga yoga Yoga Barn Ubud Bali Indonésia

Para meditar, tem aulas de ioga com meditação ou pura meditação que pode ser com cânticos, respiração, mantras, visualização… Para a cura eles oferecem diversas modalidades, como crâniosacro, quinesiologia, acupuntura, reiki, shiatsu, naturopatia, equilíbrio de chacras, massagens e medicina através do som com as tigelas tibetanas.

retiro de ioga yoga Yoga Barn Ubud Bali Indonésia

Você pode fazer uma aula ou fazer retiros e tratamentos de semanas. Eles inclusive tem poucos quartos pra quem quiser se hospedar e viver mais intensamente tudo o que o lugar oferece.

As aulas de ioga são de níveis diferentes, então você pode fazer pela primeira vez ou desenvolver ainda mais o seu potencial.

Pra completar, eles tem um restaurante de comida vegetariana, vegana e macrobiótico, o Garden Kafe, com pratos, lanches e sucos pra limpar e energizar o corpo.

retiro de ioga yoga Yoga Barn Ubud Bali Indonésia

retiro de ioga yoga Yoga Barn Ubud Bali Indonésia

retiro de ioga yoga Yoga Barn Ubud Bali Indonésia

retiro de ioga yoga Yoga Barn Ubud Bali Indonésia

retiro de ioga yoga Yoga Barn Ubud Bali Indonésia

Eu fiz algumas aulas de ioga – iyengar, restaurativa e uma muito interessante – yin.

E aqui eu preciso contar um pouco sobre essa tal ioga yin, porque ela tem poderes inimagináveis. Este tipo de ioga é lenta, com posturas sustentadas por períodos mais longos. Ela foca nos tendões e ligamentos, tecidos conectores, aumentando o fluxo do “qi”, energia, segundo a medicina chinesa, que corre pelos meridianos do nosso corpo. Estes tecidos conectores guardam todo trauma físico e psicológico. Ou seja, a prática de ioga yin pode ser doloroso, relaxante e até incrivelmente emotivo.

As práticas “yang” fortalecem e aquecem o corpo com um ritmo dinâmico. Já a “yin” é lenta e explora dificuldades e traumas. Minutos em uma pose incômoda se manifestam em expressões internas e externas. As pessoas não só gemem, franzem o rosto, mas também soltam palavras, emoções e as vezes até lágrimas.

retiro de ioga yoga Yoga Barn Ubud Bali Indonésia

Como muitas pessoas, eu recorri à ioga para me manter inteira, para achar um equilíbrio. Mas eu percebi nas aulas de ioga yin que tem gente que encontra na ioga uma maneira de desmoronar, abrir-se, estilhaçar seus pedaços. Porque ao quebrar você tem uma escolha de como juntar as peças novamente. E ser novo. Recomeçar.

retiro de ioga yoga Yoga Barn Ubud Bali Indonésia

Imagine o seguinte – quando você se acomoda na postura do sapo, joelhos no chão separados, peito e cabeça no tapete e mãos estendidas, abrindo profundamente o quadril, e fica ali durante alguns minutos, muitas coisas acontecem. Primeiro você acha que é forte e que consegue. Aí vem o desconforto, momento em que sua mente te dirá que você precisa se mexer. “Mas você não é tão forte?” diz a sua mente. O incômodo se transforma em dor. Você quer se mover, mudar, gritar, mas quer crescer, alongar-se. Você vai sentir um calor de dentro pra fora, vai sentir o suor escorrer e junto com ele uma raiva, tristeza que de repente vira uma comédia, que te faz soltar uma risada inesperada. Sua mente vagará, trazendo memórias à tona, até você lembrar que ainda está convivendo com a dor. Vai achar que a professora esqueceu que você ainda está naquela posição e vai querer gritar. Deu pra imaginar como uma aula de ioga yin é praticamente um microcosmo da nossa vida? Cada postura é uma montanha russa de emoções onde determinação e resistência tem um papel fundamental e onde exercitamos a grande pergunta que permeia nossas vidas: vou ou fico?

Com a ioga aprendi a analisar a diferença entre o desconforto e a dor. Desconforto é bom, é desafiador. Ele é um limite que chegamos e tentamos empurrar, uma beira onde podemos ver o outro lado. Ele revela outra faceta de nós mesmos, uma posição onde podemos rebater a nossa mente que sempre nos tentar levar de volta ao conhecido e confortável.

Já a dor é uma reação física do corpo dizendo que ele está vulnerável. Sua mente pode dizer o que quiser, mas o corpo está dizendo que seu limite chegou e que desta vez não é bom ir além. Aí sim, mexa-se, retifique-se.

retiro de ioga yoga Yoga Barn Ubud Bali Indonésia

Não é igual na vida fora do tapete? Temos que sempre estar perguntando a nós mesmos se aquele desconforto é uma lição ou se é hora de mudar.

Estar no desconhecido e desconfortável e manter-se presente requer coragem. Porque apenas driblar a dor e pensar no que se tem pra fazer no resto do dia pode ser feito, difícil mesmo é sentir aquela dor e manter-se consigo mesmo.

Não é igual na vida? Driblar solidão, pensamentos, mudar de relacionamentos, trabalho, casa e até cidade para não estar consigo mesmo. Alguns minutos (ou horas!) consigo mesmo, em mente e corpo (com ou sem desconforto) é altamente libertador e fortalecedor. Quem sabe um dia, aquela posição, naquele limite, pareça mais próximo do “outro lado”, aquele lado que você quer chegar? Eu sei que eu quero chegar mais perto deste outro lado, mas se eu conseguir me disciplinar para simplesmente estar naquela posição, já será uma vitória.

retiro de ioga yoga Yoga Barn Ubud Bali Indonésia

Eu poderia escrever páginas e páginas sobre a ioga yin que mal conheço, mas já me identifiquei, porém, este tipo de ioga é daquelas coisas que só se entende fazendo. Assim como algumas das meditações que fiz no Yoga Barn. A meditação pela respiração constante e visualização de chacras é totalmente catártica, mas isso precisaria de um outro post dedicado à ela.

Estes dias no Yoga Barn foram inesquecíveis. Toda vez que ouço o nome Bali meu coração se afunda em relaxamento e ao mesmo tempo se eleva com energia. Esta ilha tão especial que armazena cuidadosamente os mares, paisagens, energia e sorrisos mais belos e verdadeiros nutriu minha mente, corpo e alma em mais formas que eu imaginaria.

Yoga Barn
theyogabarn.com
facebook.com/theyogabarn
Jalan Raya Pengosekan – Ubud
Bali, Indonésia
+62 361 971236

 

One thought on “Yoga Barn – um centro de bem-estar em Bali, Indonésia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


seven − 1 =

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>