bares

Toca da Lontra, Floripa

Esse bar/restaurante eu diria que não é só dos locais. É dos locais que conhecem as riquezas dessa ilha, Florianópolis. É dos locais que apreciam o bom e o simples, não precisam estar aonde vêm e são vistos, o lugar da moda, ou seguem as críticas gastronômicas da mídia. E por isso, ele é meu segredo mais bem guardado de Floripa.

Na casa de um ex-frentista, agora chef e restauranteur, está o bar Toca da Lontra. Mas não pense nem por um minuto que por ser de um ex-frentista a casa não surpreende. Até porque tem uma das vistas mais lindas da Lagoa da Conceição.

Agora prepare-se, use sapatos confortáveis pois para chegar lá, só andando cautelosamente, pelas beiradas, indo ladeira (íngreme) abaixo. É uma caminhada que exige um pouco, mas vale a pena.



Descendo a ladeira, também é difícil de achar a casa, mas tem uma placa pequena do lado de fora. Passe os carros, e entre pela garagem, como se tivesse indo visitar um amigo, é lá mesmo.

Ao chegar, opte pelas mesas da frente do deck. Você chegou ao pequeno paraíso.

O problema agora é: cerveja gelada ou das melhores caipiroscas ever?

A cerveja é super gelada, não tem erro. Ótimo para refrescar e abrir o apetite. Mas não deixe de perguntar que frutas têm. Quando pedi a caipirosca mista, de pitanga, maracujá e limão, ela literalmente roubou a cena ao chegar à mesa. Uma das melhores que já tomei.

E para comer? Todos os frutos do mar servidos são frescos, pescados pelo próprio dono, a cada dia. O prato mais pedido é a lula recheada de camarão. Não deixe de provar, é maravilhosa!

Tem outros petiscos como isca de peixe, bolinho de siri, etc.

Se der sorte, terá marisco fresco. Aqui em Floripa chamam de marisco, mas pra mim é mais um mexilhão. Este tinha sido pescado no dia, cozido ao bafo, no próprio suco. É só adicionar limão e pimenta. Pra acompanhar: vinagrete e farofa. Outra delícia.

um é macho o outro é fêmea

Obrigada a minha amiga Ana que me mostrou esse lugar, que, aliás, não sossegou até eu conhecer. Esse lugar é realmente a minha cara e se tornou meu restaurante preferido de Floripa – pela comida, pela bebida, pelo ambiente, pela simplicidade, pela vista, por tudo.

E pela companhia.

e agora?

A Toca da Lontra não tem endereço. Como chegar lá? Desça a ladeira antes do Latitude, na estrada  indo pra praia Mole vindo da Lagoa, e pergunte.

Na volta, subindo a ladeira, você vai sentir o peso dos comes e bebes, mas não esqueça que maior que isso é o prazer de degustá-los.

12 thoughts on “Toca da Lontra, Floripa

  1. Morei muito tempo em Floripa!
    Sou do tempo que o Latitude era o Bar do Érico (passagem obrigatória nas noites de sexta!) , da época q se ia até a praia Mole só por trilha!
    Que Jurerê era praia de “velho” como diziam meus filhos!
    E não sabia que essas preciosidades ainda existem na nossa Ilha!?
    Com certeza vou procurar a Toca da Lontra na minha próxima ida a Floripa!
    Nossa! Quero ir amanhã? Ou agora! Já!
    Adorei seu post!
    Saudades da minha Isla, como chamo carinhosamente Floripa, um lugar que amo!

  2. Morei muito tempo em Floripa!
    Sou do tempo que o Latitude era o Bar do Érico (passagem obrigatória nas noites de sexta!) , da época q se ia até a praia Mole só por trilha!
    Que Jurerê era praia de “velho” como diziam meus filhos!
    E não sabia que essas preciosidades ainda existem na nossa Ilha!?
    Com certeza vou procurar a Toca da Lontra na minha próxima ida a Floripa!
    Nossa! Quero ir amanhã? Ou agora! Já!
    Adorei seu post!
    Saudades da minha Isla, como chamo carinhosamente Floripa, um lugar que amo!

  3. Minha Filha linda. Cada dia sintomais orgulho de você pela sua pespicácia,seu bom gosto, seu espírito aventureiro, seu “não desistir jamais” e me vem a cabeça que desde pequenina voc~e já dizia quem seria. Aos 3 para 4 anos desgustava um cebiche como gente grande. Ainda pedia colher para tomar o caldo, conhecido como leite de onça e recomendado por mil e um bebuns como um cura ressaca. Lembrei com Monina como você não recusava provar nada, por mais estranho que fosse. Veio do mar então…..E até hoje quando lembro de “suas coisas e seus comentários” associo a idéia que você veio de uma estrela muito especial e evoluida. AMO VOCÊ!
    LEMBREI DE UMA FRASE: SOMETIMES THERE ARE NO WORDS, ONLY PROUD AND LOVE.
    ASSIM ME SINTO. MOMMY.

  4. Minha querida: sabendo que este lugar é seu! O consideramos nosso! Realmente é um maravilhoso lugar e nossa estadia aí foi fantástica, porque tivemos os mais maravilhosos guias!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    AMamos vocês.

  5. Adorei saber desse lugar, Adri! Vamos combinar um domingo de sol lá, hein?
    Nossa, que texto lindo o da sua mãe… pelo visto escrever bem é de família!
    Bjs, mi.

  6. Adorei o post Adri! Como sempre vc captando detalhes da minha personalidade…hahaha! Amei o “não sossegou até eu conhecer…” rsrsrs. Sabe que eu sou assim meio intensa né? Mas é sempre por uma causa justa, neste caso justíssima.
    Vamos voltar lá muitas vezes ainda e apreciar a comida e a vista daquele lugar maravilhoso!!! Há, e levar todos nossos amigos, porque não existe nada como compartilhar lugares assim com as pessoas que vc gosta. Essa é a melhor parte. Bjs.

  7. Oi, Adriana! Adorei conhecer o seu blog, o seu trabalho, a sua criatividade, delicadeza e sensibilidade! E, mais ainda, a dica desse verdadeiro recanto – Toca da Lontra! Sucesso para vc! Grande Beijo! Fabíola Gaspar

  8. Parabéns pelo blog, muito legal as informações. Já conheço o local e posso confirmar que é um local lindo e com uma comida de dar aguá na boca.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


− 3 = six

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>