argentina

restaurante Tegui, Buenos Aires

Os restaurantes de alta gastronomia normalmente apostam numa fachada iluminada, placa vistosa, manobristas e um toque de show-off. Tegui, o mais novo dos restaurantes do chef Germán Martitegui, (chef renomado de Buenos Aires), aberto desde janeiro de 2009, tem uma abordagem bem diferente. Andamos, passamos, voltamos, procuramos pelo número, até que nos deparamos com uma parede grafitada e uma porta preta, sólida, de metal, em pleno Palermo Hollywood. Em letra pequena, ali estava – TEGUI. É fácil de passar sem avistá-lo. Mas insista. Seria uma pena não passar por essa primeira etapa um tanto chocante e perder o que te espera lá dentro. Ah, não se esqueça de tocar a campainha.

Com uma proposta diferente das outras casas de Martitegui, onde o Casa Cruz serve comida mediterrânea e o Olsen comida escandinava, o Tegui é minimalista e tende para o fusion.

O Casa Cruz é pra ver e ser visto, já o Tegui faz parte de um roteiro gastronômico mais “segredinho”, contando apenas com a divulgação boca a boca.

O cardápio oferece 5 opções de entradas e pratos principais, que mudam semanalmente, mas se repetem, e tem a opção do menu degustação de 6 pratos.

A tendência é sempre incluir um ar mediterrâneo, mas não se surpreenda se encontrar ingredientes essencialmente brasileiros, como a farofa e um toque tropical, como a manga.

Combinando com a comida, a decoração também é minimalista e tem a cozinha aberta, com uma mistura de aço escovado, preto e bege. Portanto, você vê seu prato sendo preparado, e os criadores das delícias podem ver sua expressão de delírio ao degustá-lo.

Para os que gostam de um “puro” (charuto), uma varanda coberta de bananais permite essa última etapa do jantar e o meu toque final preferido – um Sautern.

Pedi o menu degustação de 6 pratos, mas antes não resisti ao pão quentinho e cones de queijo de cabra.

Fui fotografando até que um garçom me disse que não era permitido tirar fotos dos pratos, para isso que tinha que pedir uma permissão ao fazer a reserva, por isso, nem todos os pratos têm foto…

Menu degustação:

burrata fresca   l salada de morangos    l manjericão    l vinagre balsâmico

cogumelos em conserva   l espuma de batata e trufa    l ovo

torta de miolos   l presunto    l creme de echalotes   l massa folhada

creme brûlée de foie gras   l chutney de peras    l brioche

sopa de côco fresco   l raviolis de santola    l brotos de coentro

O vinho foi Bramare da Viña Cobos, Malbec 2007. No nariz, frutas vermelhas e um toque no final de café.  Um vinho encorpado, mas não tão complexo. Excelente.

O jantar estava irretocável. O Tegui não tem como ficar de fora de um roteiro gastronômico na capital portenha.

Restaurante Tegui
Costa Rica 5852, Buenos Aires
(54-11) 5291-3333
tegui.com.ar
recomenda-se fazer reserva

4 thoughts on “restaurante Tegui, Buenos Aires

  1. Querida
    Tete – que dica maravilhosa – estou na minha noite em
    Buenos Aires e acabei de voltar do Tegui a pé para o meu hotel. Comi maravilhosamente bem. Um sonho !!! e fui lá com 2 casais de amigos graças a sua dica. Parabéns querida !!! seu blog está ficando um MUST !!!!! BEIJOS E PARABÉNS !!!!

  2. BOA NOITE tETE, VOCE ACHA QUE O TEGUI TAMBÉM VALE PARA ALMOÇO? ESTOU COM POUCO TEMPO EM BA E MTS RESTAURANTES PARA CONHECER. É UMA BOA OPÇÃO? OBRIGADA BJS.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


7 − five =

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>