dublin

o que ver em Dublin, Irlanda

O que eu achei de Dublin?

Uma cidade jovem, que apesar do frio e do clima muitas vezes cinzento e chuvoso do Reino Unido, tem vida.

Beirada pelo rio Liffey, a cidade fica linda na noite iluminada.

A cultura dos pubs é fortíssima, todos bebendo cerveja (as vezes a bit too much) e ouvindo música ao vivo, sempre com violão. O povo é animado, isto eu te garanto.

Dublin é a cidade do U2, onde Drácula foi criado e berço de vários escritores: o próprio Bram Stoker (Dracula), Jonathan Swift (As Viagens de Gulliver), Oscar Wilde (O Retrato de Dorian Gray), George Bernard Shaw (Pigmalião), James Joyce (Ulisses)…

Apesar de pequena, não deixa de ter bons restaurantes, bares, pubs e gastropubs. Fica ali do lado de Londres (1 hora e 20 minutos de voo), ou seja, por que não ir?

Se não chover, é uma cidade muito agradável de andar. Então a história é: curta uns pints de cerveja, mergulhe na cultura rica da cidade, aprecie a arquitetura Georgiana, visite museus, respire o verde dos parques e curta Dublin.

 

Mas o que que tem pra ver em Dublin?

Guinness  Storehouse – fábrica + museu da cerveja Guinness. Você aprende sobre o processo de fazer cerveja e depois de subir vários andares (calma, tem escada rolante e elevador) tem a recompensa da degustação da cerveja e uma cobertura de vidro com a melhor vista panorâmica da cidade.

 

St. Patrick’s Cathedral – a maior igreja da cidade, tem uma linda arquitetura e um chão mais bonito ainda. Jonathan Swift está enterrado ali.

 

Old Jameson Distillery – fabricação e degustação do whisky.

 

Spire of Dublin – a escultura mais alta do mundo, parece um alfinete gigante. Tem 120 metros de altura. Cuidado pra não travar o pescoço na hora de olhar pra cima.

 

Dublin não tem uma cultura forte de mercados, mas aos sábados pela manhã tem o Moore Street Market com frutas e verduras.

 

Para comprar comidinhas pra um pique nique vá na delicatessen Magill’s (Clarendon Street).

Foto: Mark Waldron

E este pique nique pode ser no mais conhecido parque St. Stephen’s Green, que tem lago com patinhos e muitas árvores – lindo demais!

Ou no

Phoenix Park, um dos maiores parques da Europa. Também tem lagos e se der sorte você encontra veados passeando e pastando.

 

Veja as portas georgianas de Dublin. É uma característica forte da cidade, arquitetura típica dos séculos XVIII e XIX, durante os reinados dos primeiros reis ingleses chamados George, daí o nome. São coloridas e simétricas. Como não fotografar?
Uma das portas mais famosas é em Merrion Square no.1 onde Oscar Wilde morou.

 

 

Dublin Castle – ande pela praça de chão de pedra e aprecie a arquitetura. Por 4 euros você pode fazer um tour de 1 hora pra saber mais da história do prédio e o uso atual como sede de reuniões do governo e grandes recepções.

 

Arte e Cultura

Museu dos Escritores -  Writers Museum

 

Livro de Kells na Biblioteca da Universidade de Trinity – um livro gigante que é considerado um manuscrito iluminado. Foi feito por monges celtas por volta do ano 800 AC. Ele tem artes ornamentais com uma pintura chamada iluminura. O livro hoje em dia fica na Universidade de Trinity, que tem um campus lindo, e fica dentro de uma caixa de acrílico. Pudera, o pobre do livro já sofreu. Foi roubado, enterrado na terra, a capa foi arrancada pelos Vikings e algumas páginas desapareceram.

 

Museu National Gallery of Ireland – pinturas irlandesas e outras internacionais como de Caravaggio e Picasso.

 

National Museum of Ireland e a National Library of Ireland, que ficam um do lado do outro.

National Museum of Ireland

 

E pra quem gosta de arte moderna:

Museum of Modern Art Ireland 

 

Veja também um show de música e dança típica Irlandesa.

Apesar de um pouco turístico, adorei o show no pub The Merry Ploughboys, que também serve um cordeiro delicioso. É aquele esquema mesa comunitária, jantar, vinho e show. Fica um pouco fora da cidade, mas eles te buscam no seu hotel.

 

Compras

Grafton Street, entre Trinity College e o parque St. Stephen’s Green.

Brown Thomas – loja de departamento, a Harvey Nicks de Dublin.

O’Connell Street é menos luxuosa, mas tem a loja mais famosa de Dublin, a Clery’s (loja de departamento).

Shopping: Powerscourt Shopping Centre em South William Street, uma townhouse de 1760 com decoração georgiana original.

Mais descolada, a loja Flip (Upper Fownes Street, Temple Bar) tem roupas e acessórios vintage e uma linha próprio super cool.

Pra quem adora uma livraria como eu e não consegue viajar e não entrar em uma, tem a Books Upstairs (36 College Green, perto de Trinity College).

 

No próximo post falarei de pubs e restaurantes.

One thought on “o que ver em Dublin, Irlanda

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


four + 3 =

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>