bistros

meus bistrôs preferidos em Paris

Que Paris tem bistrôs por todos os cantos, isto já sabemos. Foi lá que a cultura deste tipo de restaurante nasceu.

Existem muitas histórias sobre a origem da palavra bistrô e como esta cultura começou.

Uma delas vem do século XIX, depois das guerras Napoleônicas, quando Paris foi ocupada pelos russos. Os franceses sempre serviram a comida no seu tempo, em um ritmo considerado bem lento para os russos. E por isso, eles pediam para os garçons franceses para “bystro”, ou se apressarem. Por causa desta pressão de servir comida de forma mais rápida, os franceses colocaram mesas do lado de fora, com comida simples, do dia a dia, a preços mais baixos.

O bistrô parisiense normalmente tem culinária francesa tradicional, sem invenções e preços abusivos, em ambientes informais e relaxados. Mas nem por isso deixa de ter qualidade e sabor.

Então um brinde aos bistrôs de Paris! Santé!

 

Aqui estão alguns dos meus bistrôs preferidos em Paris.

* Recomendo fazer reserva em todos.

 

Au Bascou

38 rue Réaumur, 3e, Paris
3eme arrondissement (Le Marais)
Métro: Arts-et-Métiers
+33 1 42 72 69 25
www.au-bascou.fr

Acolhedor, charmoso, delicioso. Serve comida do sudoeste da França, e por isso a comida, objetos e quadros são uma ode à região Basca francesa. Experimente o pato com foie gras. Outro prato famoso é o axoa (cozido de ombro de vitela).

 

 

Chez L’Ami Jean

27, rue Malar - 75007 Paris
7eme arrondissement
metro: La Tour Maubourg
+33 1 47 05 86 89
www.lamijean.fr

Aberto em 1931 por um nacionalista basco, é outro especialista nesta região. Ele segue o movimento de “bistro moderne’.
O lugar é pequeno, está sempre cheio e é sempre um aperto pra entar, sair e ir ao banheiro. Tem um bar com patas de jamon penduradas do teto. Peça umas fatias com vinho enquanto espera a mesa. Você sentará cotovelo com cotovela nas mesas de madeira ouvindo o chef Jégo (super simpatico) berrar enquanto prepara os pratos. É um bistro vibrante e inesquecível. Não deixe de provar o foie gras e o famoso riz au lait (o melhor que já comi).

 

 

Bistro L’ilot Vache

35 Rue Saint-Louis en l’Île  75004 Paris
metro: Pont Marie
+33 1 46 33 55 16
restaurant-ilotvache.com

Aqui a vaca impera. Tem objetos de deocração de vacas por todos os lados. Também é pequeno e aconchegante e quase sempre cheio. As mesas são todas diferentes, assim como os pratos e copos. Excelentes pratos clássicos franceses. Experiente o foie gras, os raviolis de royan (recheados de creme de cebolinha) e o cordeiro com ervas de Provence.

 

 

La Fontaine de Mars

129 Rue Saint-Dominique  75007 Paris
metro: École Militaire
+33 1 47 05 46 44
www.fontainedemars.com

Como o nome sugere, tem uma fonte do lado de for a pra você identificá-lo. Preste atenção no lindo chão de azulejo hidraulico. No verão tem muitas mesas do lado de fora e todas são cobertas de toalha xadrez branca e vermelha. Fica pertinho da Torre Eiffel. A especialidade é cozinha do sudoeste da França. Desde 1908 servem deliciosos foie gras, pato, cassoulet…

 

 

Le Grand Colbert

2 Rue Vivienne  75002 Paris, França
metro: Bourse
+33 1 42 86 87 88
legrandcolbert.fr

Aqui você vai encontrar de tudo – parisiense, turistas, executivos, casais, grupos, solitários. Apesar de ter pratos de mariscos e ostras eu acabo indo sempre nos pratos “da terra”, ou seja – carne. Tudo gostoso. Adoro as patas de rã. Ficou famoso pelo filme “Alguém tem que ceder”.

 

 

 

Ma Bourgogne

19 Place des Vosges  75004 Paris
metro: Saint Paul
+33 1 42 78 44 64
www.ma-bourgogne.fr

Um clássico da Place des Vosges que você, claro, encontra turistas, mas não é tourist trap. O dono adora vinho (qual francês não adora?) e faz diversas viagens à vinícolas francesas então se você é apreciador ou entendedor – vá fundo. Aqui você encontra pratos da região de Auvergne, mas também um tradicional steak tartare com batatas fritas sequinhas e crocantes.

 

 

Bistro Volnay

8 Rue Volney  75002 Paris
metro: Opéra
+33 1 42 61 06 65
www.bistrovolnay.fr

Este bistrô fica numa ruazinha atrás do Park Hyatt que você não dá nada porque não é tão barulhenta. Acontece que o Volnay é um dos bistrôs mais hip, frequentado por gente mais cool e menos tradicionalista. É um pouco art deco, mas moderninho ao mesmo tempo, tem um lindo bar e uma adega invejável. Prove a tourte rustique de veau, um tipo de massa folhada recheada de vitela. Ah, e foi lá que comi uma das melhores madeleines da cidade.

 

La Regalade

49 Avenue Jean Moulin 75014 Paris
14eme arrondissement
metro: Porte D’Orleans
+33 1 45 45 68 58

123 Rue Saint-Honore 75001 Paris
1ere arrondissement
metro: Louvre – Rivoli
+33 1 42 21 92 40

Um exemplo do movimento bistronomique – bistros e restaurantes que usam ingredientes de haute cuisine mas tem ambiente despojado. É uma mistura de bistro e restaurante. Lindo chão estampado, bar de Madeira e curtinas compridas. A comida é deliciosa e tem pratos sazonais. Tem um excelente foie gras chaud.

(tem muito foie gras nas minhas recomendações, sorry)

 

 

D’Chez Eux

2 Ave Lowendal 75007 Paris
metro: École Militaire
+33 1 47 05 52 55
www.chezeux.com

Outro bistro clássico de toalha de mesa xadrez vermelha e branca. Não deixe sua localização te deixar pensar que é turístico. Tem os pratos mais tradicionais – confit de pato, cassoulet, etc. (hmmm tô salivando). E um mousse de chocolate Valhona de comer de joelho.

 

 

Brasserie Le Basilique

2 rue Casimir Périer 75007 Paris
7eme arrondissement
metro: Varenne ou Solférino
+33 1 44 18 94 64
www.restaurant-le-basilic.fr

Este fica numa rua escondida atrás da igreja de Sainte Clotilde, perto de Les Invalides. Tem uma varanda ótima para o verão. Também tem influência da região Basca francesa. É famoso pela burrata e o gigot d’agneau (paleta de cordeiro).

 

 

Chez Janou

2 Rue Roger Verlomme  75003 Paris
metro: Chemin Vert
+33 1 42 72 28 41
www.chezjanou.com

Um pequeno bistrô no Marais, atrás da Place des Vosges e por isso tem turistas e locais. Tem mesinhas do lado de fora no verão, mas dentro também é aconchegante com pôsteres de Toulouse-Lautrec. É um bistro provençal com uma variedade de pastis incrível.

 

 

Le Baratin

3 rue Jouye-Rouve 75020 Paris
Metro: Pyrénées
+33 1 43 49 39 70

Um bistrô cheio de vida de uma chef super respeitada, Raquel Carena (argentina, mas e daí?). O marido (francês, claro) cuida dos vinhos com uma adega maravilhosa. Prove o joues de boeuf (bochecha da vaca), isso mesmo, nada de frescura.

 

 

Au Vieux Paris d’Arcole 

24 rue Chanoinesse 75004 Paris
4eme arrondissement
Metro: Cité
+33 1 40 51 78 52
www.auvieuxparis.fr 

Pequenino e charmoso, ótimo para ir a dois. Mas também a sós, a três… A chef Odette Fau prepara especialidades de sua região: Aveyron. Tem um delicioso foie gras chaud com cerejas.

 

4 thoughts on “meus bistrôs preferidos em Paris

  1. O La Fontaine de Mars virou nosso queridinho em paris, gostamos demais de lá. Nesta última ida, fomos ao LE baratin e curtimos muito também. Estou Anotando as dicas pra próxima ida. Obrigada por compartilhar!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


− four = 4

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>