atrações

Longwood Gardens, um jardim botânico inesquecível na Pensilvânia

 

Depois de morar 10+ anos nos Estados Unidos, me sinto até um pouco ashamed de não ter conhecido este lugar antes.

Mas ontem, meus queridos super blogueiros Claudia e Oscar, fizeram uma pequena blog excursão, onde o casal Ana e Rodrigo (que estão viajando as Américas durante 1000 dias) também estavam, e partimos para um dos maiores jardins botânicos dos Estados Unidos – o Longwood Gardens.

O Oscar vem desbravando esse lugar, em diferentes épocas do ano, onde floresce uma natureza belíssima, com espécies diversas. E ele foi o nosso guia neste lugar inesquecível.

os maiores lírios que já vi

 

O Longwood Gardens fica na Pensilvânia, mas bem pertinho da fronteira de Delaware (uns 4-5 km). Eu fui de carro com a Claudia, saindo de Washington DC. Mas digamos que se estiver pelas redondezas de DC, Maryland, Virginia, Delaware e Pennsylvania, é fácil alugar um carro (com GPS) e chegar lá.

O que é o Longowood Gardens?

Um jardim imenso que um dia foi a casa de verão da família Du Pont, o qual tomo a liberdade de comparar com os jardins da realeza européia, onde só não tem um castelo. Porque paisagismo, diversidade de flora, design de jardinagem e beleza, tem de sobra.

Com mais de 11,000 tipos de plantas em cerca de 4.5km2, o Longwood Gardens é hoje um dos maiores acervos de horticultura dos EUA e do mundo.

Quem fez o Longwood Gardens ser o que é hoje foi Pierre Du Pont – empresário, filantropo, agricultor e conservacionista, do império Du Pont.

A Du Pont é a empresa multimilionária que criou produtos como o Teflon, o Nylon, tintas de todos os tipos, e muitos outros.

E com a fortuna da empresa, Pierre desenvolveu e conservou a propriedade e a natureza de Longwood.

Em 1946 o jardim virou uma fundação auto-sustentável, criação do Sr. Du Pont.

O resultado é um lugar de muito charme, com recantos dignos de um livro decorativo.

 

Pierre, que adorava viajar, criou partes do jardim sob influência e inspiração das espécies e design que viu pelo mundo: França, Itália, Inglaterra, Califórnia, Havaí, Florida.

E por isso, a variedade de flores, plantas e árvores é realmente incrível.

bonsai de azalea

planta carnívora

uma das estufas coloridas com um "mar" de flores

planta peluda

folha ornamental

de longe, parecia que tinha nevado; de perto, uma planta aveludada

jardim coberto deslumbrante

 

O Longwood Gardens também é palco de performances e arte, como o incrível show de água sincronizada com luz e música.

E agora quando fomos, tinha umas instalações de arte e iluminação de Bruce Munro sendo preparadas, que falarei no próximo post.

Ingressos: US$15 (e vale cada penny).

Longwood Gardens
1001 Longwood Road, Kennett Square, PA 19348

Distâncias aproximada até Longwood Gardens:

Filadélfia, PA – 30 
milhas

Wilmington, DE – 12
 milhas

Baltimore, MD – 72 milhas

Washington, DC – 110 milhas

Nova York, NY – 130 milhas

Obrigada Oscar e Claudia por este passeio tão maravilhoso!

.

4 thoughts on “Longwood Gardens, um jardim botânico inesquecível na Pensilvânia

  1. Oi Tete

    Post muito legal, fotos lindaaaas! A gente tb agradece muito ao Oscar de ter nos levado lá e tb ao Mau, por nos ter recebido tão bem. Anfitriões impecáveis, companhias agradabilísimas. Só vai ser difícil nos reacostumar à vida dura da estrada, depois de tanto mimo.

    Lembranças tb à Cláudia a a vc, pelos momentos, experiências e histórias divididas em Longwood e Washington. Fica mais uma vez o convite: a Fiona está de portas abertas, seja no Alaska, em Belize ou na Patagônia (ou qq lugar “in between”)

    Beijos

    P.S São miiiiiiiil dias. Com 100, ainda estávamos chegando na “nossa” querida Salvador!

    • hahaha verdade miiiiil, já corrigi :) obrigada pela companhia maravilhosa! espero sim poder join o casal 1000 dias e a Fiona somewhere along the way!, vontade não falta! beijão e happy + safe travels, amigos!

  2. Legal Adriana

    Eu e a ju também ficamos literalmente de queixo caído com o Longwood Gardens, um lugar que ficamos apaixonados, a natureza e o homens naquela harmonia e encanto.
    Outro super detalhe é a hospitalidade de nossos amigos Maurício e Oscar um show.

    Abração direto da Ilha da Magia!

    @GusBelli

    • pois é! passamos na casa deles na volta, e foi super gostoso! aliás, foi um dia maravilhoso!

      e nossa ilha?, já está muito frio por aí?

      abraço!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


seven − = 2

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>