africa

hotel review – Four Seasons Safari Lodge, Serengeti, Tanzânia

Aberto em janeiro de 2013, o novíssimo Four Seasons Safari Lodge dentro do Parque Nacional Serengeti na Tanzânia é um recanto de paz e luxo no meio da natureza intacta Africana.

O Four Seasons Serengeti está localizado onde era o antigo Bilila Lodge do grupo Kempinski. A propriedade foi reformada, mudou os ares e a decoração, deixando tudo mais africano e com sabores locais, mudou de marca e agora é o primeiro hotel da rede na África subsaariana. Primeiro de alguns. Existem planos já em andamento para mais duas propriedades, uma na Área de Conservação Ngorongoro e outro na ilha de Zanzibar.

A magia deste hotel está no serviço atencioso, acolhedor e amigável (me senti totalmente em casa), decoração local (dá vontade de levar tudo pra decorar a sua casa), e o visual da imensidão da natureza Africana.

O Parque Nacional Serengeti é uma das maiores atrações da África, considerado um dos melhores safáris do mundo (tem grande rivalidade com o sul africano Kruger) e é uma das maravilhas naturais da Tanzânia, da África e do mundo.

O diferencial do Serengeti, o parque de safári do mundo, é a migração dos animais em busca de água e comida, fazendo disto um dos maiores espetáculos da terra. Os Masai batizaram esta área de “Singitu” que quer dizer “lugar onde a terra se mexe pra sempre”, e foi esta sensação de imensidão sem fim que me surpreendeu e emocionou.

O Four Seasons Safari Lodge tem 77 quartos, destes, 12 são suítes com piscinas privadas e 5 são villas, ou mini casas, também com piscina.

Diferente de outras acomodações no parque, o Four Seasons é um hotel e não um “acampamento”, ou seja, são quartos e não tendas. Por isso muitas pessoas se sentem mais seguras ali. É um ambiente mais “conhecido” e dentro da zona de conforto.

Os quartos são elevados por conta dos animais e a chuva. E você verá alguns visitantes selvagens andando por ali. Inclusive, é recomendado deixar as portas fechadas ao sair do quarto.

Todos os quartos tem uma varanda extensa pra acordar e já ver a natureza. Um plus, todos tem vista.

Como parte da atmosfera africana, adorei os detalhes, como a chave que é um colar de miçangas Masai e os funcionários Masai que te levam do quarto para o restaurante e vice versa durante a noite com lanternas.

O design do hotel é contemporâneo mas sem perder em nenhum momento o astral africano, com elementos e acessórios de artesanato e arte local, principalmente dos Masai.

Ao chegar, você é recebido com toalhas molhadas pra se refrescar depois de tanto poeira nos carros 4×4.

Ao lado do lobby tem uma boutique com arte local.

Em seguida, lounges para fazer o check-in bebericando um chá ou suco gelado.

O vão central que pode ser visto de cima tem tábuas de madeira esculpidas lindas e as cadeiras Masai, parece de rei e rainha.

No andar debaixo está a piscina infinita com esta vista exuberante do Serengeti, o verdadeiro cartão postal do hotel.

Ao redor da piscina tem vários recantos pra comer, beber, descansar, ler e apreciar a vista.

E se não for pela piscina, você pode jogar, ler e relaxar em um dos outros ambientes, como a salade jogos ou biblioteca.

O Maji Bar serve o pátio em frente à piscina, é aí que tomei café da manhã e almocei.

O jantar muda toda noite, tem um buffet com comida internacional e alguns pratos étnicos e locais no Kula’s ou tem a la carte no Maji.

O Boma Grill é um restaurante que precisa ser reservado com antecedência, servindo comida local e tem apresentação de dança e música Masai.

Não consegui jantar no Boma, pois não é toda noite que tem este jantar. Mas experimentei o buffet e o restaurante a la carte. Também almocei na beira da piscina.

O cardápio é bem internacional e a comida gostosa, mas não é gourmet e requintada como em um Relais & Chateâux.

Você tem a opção de fazer sua reserva com apenas comida incluída e pagar bebida à parte ou reservar a opção de comida e bebidas locais incluídas e pagar à parte bebidas importadas ou especiais. (As cervejas e vinhos da casa são ótimos, acho uma boa opção).

Tem também uma adega com mesa de jantar privada para degustações de vinho e encontros especiais com uma carta extensa de vinhos de todo mundo.

O quarto que fiquei foi o de casal. A cama com este mosquiteiro (sempre necessário na África) faz todo um charme.

O quarto é bastante espaçoso, tem TV (que nem fiz questão com tanta beleza ao meu redor) e um closet grande, dá pra deixar a mala aberta, pendurar roupas e tem até uma penteadeira.

A varanda é um ponto alto, ao acordar já abria a cortina pra ver a imensidão do Serengeti. À tarde, é um lugar pra contemplar.

O banheiro também é espaçoso, com banheira e chuveiro separados. Os amenities ainda não são os oficiais, estes eram usados pelo Kempinski, mas os finais estão chegando (é difícil passar produtos pela alfândega na Tanzânia).

 

Fiz um safári privado pelo hotel, com um 4 x 4 pela manhã bem cedo, o melhor horário pra ver os animais. Saímos as 7 da manhã e pude ver muitos animais, foi incrível.

Nosso guia tinha bastante know how, explicando curiosidades sobre os animais. O hotel prepara caixinhas com água, suco e lanche, afinal são umas 4 horas andando de carro pelo parque.

Na volta, como sempre, fui recebida com toalhinhas molhadas e suco refrescantes.

 

Tive o privilégio de passar meu aniversário no hotel, e naquela manhã fui recebida no café com música e dança típica e parabéns em swahili. Foi muito especial, não só por estar na África, mas porque o staff é muito atencioso, sorridente e acolhedor.

Ficar hospedado no Four Seasons Serengeti é uma oportunidade única pra uma imersão na selva Africana, em um local ecologicamente responsável, com total conforto e luxo.

Como todo Four Seasons, o hotel conta também com um SPA e academia.

Mas acho que você não vai querer sair da piscina infinita, que te leva até o sereno Serengeti. Nos períodos secos, os animais vão até o lago embaixo da piscina pra beber água, ou seja, você toma banho de piscina vendo os animais passando.

O hotel só aceita crianças a partir de 8 anos de idade.

Em breve o hotel inaugurará um pequeno museu e galeria dentro do próprio lodge com informações, peças e arte sobre os animais, meio ambiente e cultura do Serengeti.

Estar no Serengeti é sonhar acordado, a cada safári (ou game drive) que você faz é uma nova surpresa, uma nova admiração e fascinação.

Acredito que o Four Seasons Serengeti é uma ótima acomodação pra quem não abre mão de bem-estar e luxo, pra quem está indo ao Seregenti pela primeira vez e ainda está conhecendo o ambiente (sem muitas aventuras dos acampamentos), para casais e famílias.

Asante, Four Seasons! (obrigada em swahili) ;)

Estive no Four Seasons Safari Lodge pela Plantel Turismo.

Diárias: US$600 (na baixa estação) – US$1400

 

Four Seasons Safári Lodge
Parque Nacional Serengeti – Tanzânia
+255 (0) 778 888 888

8 thoughts on “hotel review – Four Seasons Safari Lodge, Serengeti, Tanzânia

  1. Súper interesante. So you may see a lion pass your rOom? How many days Would you recommemd staying? Great pictures!

    • not a lion, but a springbock or a dik dik (small antelope) and on the dry season you can see elephants in front of the pool, where there is a small pond. I would recommend around 4 days.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


8 − = seven

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>