o que comer e onde comer em Guayaquil, Equador

melhores restaurantes Guayaquil Equador ceviche El Gato Portovejense

Lembram que eu falei aqui sobre a comida equatoriana? Pois é, no Equador você vai comer muita banana. De vários tipos e vários cozimentos. Pra uma experiência gastronômica completa no Equador, não deixe de provas estas iguarias: chifles - fatias de banana frita muitas vezes é serviço com vários molhos: de ají (pimenta), de queijo e de amendoim   cocolón – arroz frito, crocante e “al dente”   muchines – bolinho frito de aipim com molho de ají (pimenta)   boloncitos de verde – bolinho frito de banana da terra recheado de queijo   empanadas de morocho – pequenos pastéis recheados de uma mistura de Continuar lendo…

o que ver em Guayaquil, Equador

Guayaquil Equador Las Peñas casas 1

Guayaquil não tem a arquitetura de Quito ou Cuenca, mas é porta de entrada para Galápagos, serve? Então porque não passear uns dias lá antes de ver a bicharada solta nas ilhas de Darwin? Guayaquil é o centro econômico do Equador e a cidade mais populosa do país. A verdade é que a maioria dos turistas lá estão de passagem, mas isso vem mudando um pouco. Seja por um parente, por uma parada antes de Galápagos, ou por pura curiosidade, aqui está a lista de coisas pra ver em Guayaquil.   Malecón É como se fosse um calçadão elevado na Continuar lendo…

o bairro boêmio de Guayaquil, Equador

las-pec3b1as-1

A boemia de Guayaquil está no barrio Las Peñas, localizado no monte Santa Ana. Las Peñas é o bairro mais antigo de Guayaquil. Já pegou fogo algumas vezes e já foi restaurado para continuar exibindo sua beleza e arquitetura colonial histórica. Historicamente, Las Peñas foi o bairro mais importante de Guayaquil, onde muita gente importante morou, como presidentes, músicos, historiadores, artistas e donos de muitas indústrias. O legal é chegar lá ainda com luz do sol e andar pelas ruas de pedra, ver as casas coloridas, quem sabe até comprar um artesanato ou um chapéu Panamá que é originalmente do Continuar lendo…

Guayaquil também é Miami wannabe

dsc_07271

Dessa última vez que fui a Guayaquil, no Equador, visitei o bairro de Samborondón. Essa é uma área mais moderna da cidade, por onde ela cresce, e tem muitos lugares que lembram Miami. Como o Panamá, o Equador tem Miami como um benchmark e é um pouco Miami wannabe. A cidade do Panamá é muito mais, como contei aqui. Vejam esse centro comercial em Samborondón, onde achei lojas, restaurantes e a simpática livraria (onde vou, vou atrás de uma livraria) chamada Tinta Café. Dá pra se sentir em Miami. Aproveitei pra comprar livros en español. Tinta Cafe Cafe e livraria Vía Continuar lendo…

ceviche Peruano x ceviche Equatoriano

ceviche-peruano

Como já comentei por aqui, eu morei durante muitos anos da minha infância no Peru e por isso cresci comendo ceviche. Mas o que é o ceviche? Ele é um prato típico Peruano, mas também encontrando (em outras versões) em alguns países latino americanos, como Chile, Equador, Colômbia, onde o peixe (ou outros mariscos) são cozidos, ou marinados no limão. Os acompanhamentos é que são diferentes. No Peru, o ceviche é servido com choclo (um tipo de milho), cebola roxa crua e camote (um tipo de batata doce de cor abóbora). O peixe vem com bastante caldo cítrico e quase Continuar lendo…

comida típica Equatoriana

dsc_0021

Nessa minha última ida a Guayaquil, centro econômico do Equador, minha irmã e meu cunhado me levaram para uma degustação típica Equatoriana. Fomos ao restaurante Cocolón, no bairro de Samborondón. Um bairro moderninho da cidade. O Cocolón tem uma decoração bem legal, panelas e escorredores de macarrão pendurados do teto. O restaurante faz entrega com motos com panelas. Achei super criativo. Eis o cardápio, quase infinito que degustamos: Pra começar, chifles – fatias de banana frita com vários molhos: de ají (pimenta), de queijo e de amendoim e cocolón – arroz frito. Piqueo (tira-gosto) típico: Muchines – bolinho frito de Continuar lendo…

outro lado da ilha de Santa Cruz, Galapagos

dsc_0671

No último dia do cruzeiro em Galapagos, antes de voltar ao aeroporto de Baltra, fizemos um passeio de barco pela Ponta Carrión na ilha de Santa Cruz. Este lado da ilha é formado por um paredão rochoso enorme e quase impenetrável. Com o barco pequeno passeamos pela costa e vimos algumas espécies de animais por ali. A água estava clara e limpa, do barco dava pra ver o peixe anjo, de listras preta, branca e laranja, peixes amarelos, azuis… Nas pedras estavam outra espécie de leão marinho, este com focinho parecido com um urso. Vimos um pelicano dando um vôo Continuar lendo…

tartarugas gigantes em San Cristobal, Galapagos

dsc_0589

San Cristobal é uma das 4 ilhas habitadas de Galapagos. Lá pude pela primeira vez na viagem, dar notícia por telefone (ou internet). A ilha tem um pequeno centro com lojas, restaurantes, pousadas e internet café com locutório para fazer ligações internacionais. Desembarcamos no píer de Puerto Baquerizo Moreno, também cheio de leões marinhos. Eles se amontoavam pelas escadas. E até descansavam no banco. Foi apenas em San Cristobal que vi algum animal reagir à presença do ser humano. Quando eu tentei cruzar uma ponte, este leão marinho, que estava deitado, levantou, abriu a boca e rugiu quase como uma Continuar lendo…

os leões marinhos dão as boas-vindas na ilha Espanhola, Galapagos

dsc_0402

A coisa mais maravilhosa da ilha Espanhola em Galapagos foi chegar na Ponta Suarez com os leões marinhos dando as boas-vindas. Nossa guia tinha que bater palma para eles saírem da frente para todos poderem desembarcar. Em todo o caminho até a praia, eles deitavam do nosso lado, como se nada estivesse acontecendo. As mães amamentavam sem nem se perturbar com a nossa presença. Galapagos é como estar em um documentário do Animal Planet, só que em tempo real, ao vivo, de perto. Na praia vi as iguanas “navideñas” ou natalinas, pela cor verde e vermelha. A praia de Espanhola Continuar lendo…