pousadas pra passar o dia em Trancoso, Bahia

pousadas para almoçar Trancoso Pousada Tangará bar da praia 2

Que o antigo vilarejo de Trancoso está na moda (já tem um tempinho), todo mundo sabe. No final do ano, então, as praias turquesas límpidas ficam abarrotadas com aqueles quem fogem das cidades e do trabalho. Trancoso é pra quem aprecia esta beleza natural e tem bolsos fundos. Os preços estão exorbitantes e tem muito glamour. Trancoso já se modificou, com lojas de grife e pousadas que apesar de rústicas valem uma nota a diária. Já disseram que é uma Ibiza, que é Saint Tropez nos anos 50, que é reduto de paulistas milionários. É tudo isso. E apesar de Continuar lendo…

Pousada do Sandi – Paraty, Rio de Janeiro

Pousada do Sandi Paraty 6

A Pousada do Sandi é referência em hospedagem na charmosa Paraty. A localização é perfeita, no buchicho do centro histórico de Paraty, onde você vai a pé para os restaurantes, lojas, até a praça pra pegar uma charrete e passear, ou seja, no meio de tudo. O que mais adorei foi a decoração linda e alegre, com recantos que parecem a sala da casa de um amigo. Dá pra perceber que foi feita e arrumada com carinho e atenção aos detalhes. E os balõezinhos? a cara do escapismo! O quarto é confortável, com ar condicionado, frigobar e TV, mas claro, Continuar lendo…

Pousada Vigia das Marés – Praia do Rosa, SC

pousada

Edson e Nizinha moravam em Porto Alegre e veraneavam na Praia do Rosa, (em Santa Catarina a 80 km de Florianópolis), na casa que construíram em 1980. Nos anos 70, Nelson frequentava Garopaba, ainda vazia e virgem com os amigos, todos amontoados no carro, curtindo as praias. Até que Garopaba ficou cheia e eles descobriram a Praia Vermelha e a Praia do Rosa. Seu Durvino Manuel do Rosa, o dono da beira da praia e da plantação de mandioca da região foi quem deu o nome à praia e quem ensinou Nelson e os amigos como não ser urbano. No Continuar lendo…

uma pousada com sentimento

cozinha

Uma das coisas que eu amo sobre o Rio é o fato de ter praia e serra a meu alcance. A praia está ali, desde o buxixo da cidade, até algumas horas mais distantes, em outro buxixo, como Búzios, Angra, e muitas outras. E tem também a serra, para no inverno sentar em frente à lareira, e em qualquer época, ficar numa pousada rústica, tomar um vinho, degustar boas refeições e estar cercado de natureza, numa fuga ora romântica, ora introspectiva, ora familiar. Feriado dia de quarta, sem possibilidade de fazer “puente” como se diz na Espanha (fim de semana Continuar lendo…