Inhotim – o templo da arte contemporânea a céu aberto

Inhotim 13

É difícil definir Inhotim. Uma mistura de jardim botânico com museu e galerias, este templo das artes e da natureza, ainda impressiona com o paisagismo e a arquitetura. E a gastronomia não fica pra trás, o complexo também conta com ótimos cafés e restaurantes. Este enorme espaço cultural, que precisa de dois dias para percorrer, tem um acervo rico de arte contemporânea com artistas brasileiros e estrangeiros, além de espécies botânicas de todo o Brasil. Definir em poucas palavras? É o maior centro de arte contemporânea a céu aberto do mundo. É também o maior museu a céu aberto da América Latina. Continuar lendo…

Longwood Gardens, um jardim botânico inesquecível na Pensilvânia

DSC_0366-v2

  Depois de morar 10+ anos nos Estados Unidos, me sinto até um pouco ashamed de não ter conhecido este lugar antes. Mas ontem, meus queridos super blogueiros Claudia e Oscar, fizeram uma pequena blog excursão, onde o casal Ana e Rodrigo (que estão viajando as Américas durante 1000 dias) também estavam, e partimos para um dos maiores jardins botânicos dos Estados Unidos – o Longwood Gardens. O Oscar vem desbravando esse lugar, em diferentes épocas do ano, onde floresce uma natureza belíssima, com espécies diversas. E ele foi o nosso guia neste lugar inesquecível.   O Longwood Gardens fica Continuar lendo…

o Jardim Botânico de Washington DC

DSC_0295-v2

Um programa lindo e gratuito em Washington DC é o Jardim Botânico. Logo em frente tem o Garden Court que é prazeroso para sentar e apreciar o jardim. Como comentei aqui, as tulipas estão em verdadeira explosão de cores, marcando a primavera. O US Botanical Garden é um museu vivo na região do National Mall, que é o eixo central dos monumentos históricos de Washington DC. Em um jardim fechado de vidro, são abrigados mais de 4.000 plantas sazonais, tropicais e subtropicais. Essa uma opção para uma escapada (grátis) para outro clima. Ao entrar você já sente um calor e Continuar lendo…

Museu Vizcaya – Miami

dsc_0267

Miami realmente é pobre em cultura. A cidade respira compras, noite, gastronomia e praia. Tem bons restaurantes e um visual lindo, mas é uma cidade rasa. No meio desse consumo, saias curtas, carros conversíveis e noitadas, tem um lugar lindo para conhecer, o museu e jardins Vizcaya. Construído em 1916 a mansão Vizcaya é um verdadeiro tributo ao Renascimento. A mansão que foi de James Deering ainda tem móveis e peças de arte originais. O mais lindo são os jardins e orquidários. A visita ao museu Vizcaya te transportará àquele tempo onde Miami tinha mais natureza e menos viadutos. Você Continuar lendo…