o melhor alfajor da Argentina

IMG_7375-v2

Não sei como não postei isso antes, mas já que acabo de encontrar minha concunhada e amiga que mora em Buenos Aires, que me trouxe alfajores, pensei: “tenho que colocar essa dica já”. Então aqui vai, o melhor alfajor da Argentina. Esqueça o Havanna. O melhor alfajor da Argentina é o Cachafaz.   O alfajor é um doce típico Latino, consumido em aniversarios ou como um lanche.  Ele é popular em países latinoamericanos de colonização espanhola, principalmente, Peru, Colombia, Mexico, Argentina e Ecuador.  É o “brigadeiro” deles. Tem varios tipos e tamanhos de alfajores. O tradicional tem biscoito de maizena, é recheado Continuar lendo…

Sans panes y cervezas, Buenos Aires

dsc_0207-v2

Palermo, o bairro da moda e do design de Buenos Aires é para andar, andar e andar. E para fazer uma pausa, descansar as pernas e… tomar uma cervejinha, porque ninguém é de ferro. Para take a break tem um lugar charmoso – o Sans Panes y Cervezas. A especialidade como o nome já diz é a variedade de pães e cervejas. Tem diversos sanduíches com salmão, atum, queijos, rosbife, e adereços como mostarda Dijon, ervas, etc. E claro, doces. O legal é sentar do lado de fora ou na varanda no segundo andar e ver o movimento de Palermo lá Continuar lendo…

restaurante Manero, Buenos Aires

img_2239-v2

No reduto do bairro Bajo Belgrano (onde termina Palermo até Núñez) em Buenos Aires está um dos empreendimentos do restauranteur e empresário gastronômico experiente Carlos Schuster – o restaurante Manero. O menu, criação do chef Federico Desseno (dono do restaurante Marismo em Punta del Este), mistura pratos clássicos argentinos com toques da cozinha imigrante – traços italianos e até peruanos. O restaurante tem orgulho dos seus fornos de barro cujos cozimentos lentos transformam os sabores especiais dos pratos. O serviço é excepcional e tem uma carta de vinhos extensa e muito boa. De entrada: Ceviche clássico Peruano Burrata com presunto Continuar lendo…

Muma´s cupcakes, Buenos Aires

whoopie-pies

Os cupcakes viraram febre aqui no Brasil e é só mais um vestígio de como nosso país está se “americanizando”. Mas isso é outro papo. Nos Estados Unidos os cupcakes são tradicionais e uma receita bem antiga, datada no século 19, onde receberam esse nome porque os ingredientes eram medidos em xícaras, ou cups, e não pesados, como era de costume naquela época. O que foi uma revolução pelo tempo que economizava na cozinha. Ao longo do tempo apareceram novos docinhos que, há quem diga, podem acabar com o reinado dos pequenos bolinhos, como os cake pops (pirulitos de bolos) Continuar lendo…

loja de vinhos em Recoleta, Buenos Aires

dsc_0483-v2

Chegar ao bairro Recoleta em Buenos Aires é dizer “aqui tem uma Paris”. É passear pelas ruas glamorosas, parar a cada vitrine e olhar para cima, contemplando as edificações antigas de arquitetura européia. E assim, se sentir na Europa, sem cruzar oceanos. Entre galerias, cafés e boutiques sofisticadas, encontrei essa loja de vinhos, que além de ter uma seleção muito boa, tem um serviço de connaisseurs. Sem contar esse piso lindo… única coisa que não estava a venda. Para comprar vinhos em Buenos Aires, visitem a loja Le Choix des Vins. Eles embalam e entregam no seu hotel, pronto para Continuar lendo…

restaurante Cluny, Buenos Aires

dsc_0485-v2

A inspiração é francesa e mediterrânea, mas a trilha sonora pode ser Sinatra, Stacey Kent, ou uma bossa nova. Esse é o ambiente delicado, elegante, porém casual do restaurante Cluny em Palermo Viejo, Buenos Aires. Escolha entre comer no jardim no pátio na frente ou siga adiante, mas não confunda a sala de jantar com a sala de uma casa moderna. Diferente dos tradicionais restaurantes na capital portenha, os holofotes do menu não estão nas carnes. Aves e peixes ganham prestígio e ênfase, desde o risotto de camarões gigantes, até o caranguejo aranha (aquele de patas longas e esguias) e Continuar lendo…

café da manhã no Palácio Duhau, Buenos Aires

dsc_0422-v2

Além de ser um dos melhores hotéis de Buenos Aires, este é um dos edifícios mais sexys de Recoleta. No centro do bairro que respira a França, o Palácio Duhau representa o lado eclético de Buenos Aires. Aqui se mesclam a elegância da arquitetura belle-époque com o design inovador, conforto, tecnologia e luxo. Este palácio que um dia pertenceu à família Duhau, construído em 1934, hoje abriga o hotel mais luxuoso de Buenos Aires que exala todo um glamour vintage-moderno. Sim, essa contradição maravilhosa com painéis franceses do século 17, dignos de castelos da Normandia, com candelabros contemporâneos. Aonde mais Continuar lendo…

restaurante Tegui, Buenos Aires

dsc_0240-v2

Os restaurantes de alta gastronomia normalmente apostam numa fachada iluminada, placa vistosa, manobristas e um toque de show-off. Tegui, o mais novo dos restaurantes do chef Germán Martitegui, (chef renomado de Buenos Aires), aberto desde janeiro de 2009, tem uma abordagem bem diferente. Andamos, passamos, voltamos, procuramos pelo número, até que nos deparamos com uma parede grafitada e uma porta preta, sólida, de metal, em pleno Palermo Hollywood. Em letra pequena, ali estava – TEGUI. É fácil de passar sem avistá-lo. Mas insista. Seria uma pena não passar por essa primeira etapa um tanto chocante e perder o que te Continuar lendo…

Galeria El Solar de French, Buenos Aires

dsc_0344

Andando pela calle Defensa em San Telmo, encontrei a Galeria El Solar de French, um lugar florido, com lojas de prataria, artigos em couro, artesanatos e peças de arte.         Essa galeria, construída no início do século XX num estilo espanhol colonial, era a residência de Domingo French, líder do movimento da independência da Argentina. E lá eu encontrei a loja da artista Karina Chavin que tem pinturas, esculturas e gravuras lindas. Me apaixonei.     Karina Chavin www.karinachavin.com.ar Galeria El Solar de French calle Defensa 1066, San Telmo – Buenos Aires, Argentina

empanadas deliciosas em San Telmo, Buenos Aires

dsc_0338

Tem uma comidinha trivial na Argentina que você não pode deixar de comer, a tal da empanada. Esse salgado, de preferência assado em forno a lenha, pode ser recheado de filé, porco, frango, verduras, queijo e cebola ou queijo e presunto. Têm várias formas de fazer e de rechear empanadas. Uma das mais deliciosas que comi foi no Deluca Café y Mas em San Telmo. Ela vem servida numa tábua, quentinha, com bastante recheio bem temperado, dá pra sentir que foi cozido na panela, quase um ensopado. A massa estava meio macia, meio crocante, no ponto que só o fogão Continuar lendo…