bate papos

bate papo com Thomas Troisgros

Tive um bate-papo com o chef de cozinha Thomas Troisgros e ele conta sobre suas viagens e restaurantes preferidos no Brasil e no mundo.

Thomas forma a quarta geração de uma família de chefs de cozinha, nome importante na gastronomia moderna mundial.

Thomas é neto de Pierre Troisgros, fundador do Maison Troisgros, restaurante em Roanne que há 38 anos tem 3 estrelas Michelin, cotação máxima do guia. Pierre é um dos maiores chefs de cozinha do mundo, inspirador da Nouvelle Cousine.

E é filho de Claude Troisgros, também chef renomado internacionalmente, radicado no Rio de Janeiro, onde comanda alguns dos melhores restaurantes da cidade.

Ou seja, a gastronomia corre nas veias deste jovem, porém experiente chef.

Formado pelo Culinary Institute of America, Thomas tem uma trajetória em restaurantes famosos. Trabalhou no restaurante de Daniel Boulud em Nova York e passou uma temporada no Mugaritz e no Arzak em San Sebastian.

Quando voltou para o Brasil, se juntou ao pai e juntos comandam as cozinhas do Olympe, CT Trattorie, CT Brasserie e CT Boucherie no Rio de Janeiro.

Thomas  busca ingredientes frescos e de produtores locais, pesquisa as raízes da cozinha brasileira e tem como visão o aproveitamento dos produtos da terra. Coisa de família.

 

Aqui vai o nosso bate-papo:

Restaurantes favoritos no Brasil:

No Rio:

  • Roberta Sudbrack
  • Aconchego Carioca

Thomas no Aconchego Carioca

Em SP:

  • Mocotó
  • DOM
  • Dalva e Dito
  • Epice

 

Restaurantes favoritos fora do Brasil:

Em NY:

  • Daniel
  • Fatty Crab
  • Artisanale (queijaria)
  • DB Bistro

 

Em Paris:

  • Le Comptoir

 

Em San Sebastian:

  • Borda Beri

 

Em Londres:

  • St. John

 

Em Menton:

  • Mirazur

 

Melhor viagem que já fez:

Na sua lua de mel, onde passou por Paris, Cote D’Azur (Nice, Menton, Eze, etc.), um bate e volta pra Florença de carro, Mouchet, St Marie, Le Gorge Du Verdon, Avignon, Rouen, Jouani.

 

Os destinos de viagem que mais quer conhecer:

Austrália, Tailândia, Cuzco e Machu Picchu, Kyoto (já conhece Toquio). Não necessariamente nesta ordem.

 

Quando não está cozinhando, está jogando bola, vendo filmes, lendo sobre gastronomia ou comendo.

 

Se não fosse chef, seria piloto de carro.

 

Prato preferido:

Tem fortes desejos de sushi toda semana, e vai com freqüência no Yumê aqui no Rio.

 

Feiras preferidas:

  • Na rua do seu restaurante Olympe no Jardim Botânico.
  • Farmer’s Market em NY.
  • Feira Ver o Peso em Belém, Pará.
  • Mercado de peixes Tsukiji em Tóquio.
  • Borough Market em Londres.

 

Vinhos preferidos:

Pinot noir e Chardonnay de Bourgogne.

 

Cerveja preferida:

Red Stripe da Jamaica.

 

Restaurantes que sonha em conhecer:

  • Jiro em Tóquio
  • Momofuku em NY (vai em breve)
  • Noma na Dinamarca
  • El Bulli (que fechou, era na Espanha)
  • Michel Brás em Laguiole, França

 

Valeu, Thomas!

A gente trabalha, mas se diverte. Não é mesmo? Ainda mais se for desbravando comes e bebes do Rio.

2 thoughts on “bate papo com Thomas Troisgros

  1. Boa, Teteh!!! Esses francesinhos fazem minha cama! Ahah, nao! Gula! Vamos la nele qualquer dia? Liga pra mim qdo estiver a toinha, cansadinha ….vamos! Te convido a dar uma escapada!!! Genuina!!! E curtirmos este prazer!!!
    Beijocas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


five + 9 =

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>