chipre

azeitona verde x azeitona preta

Ao redor da casa de Nicolina, vi árvores de romã, de uva, de azeitona, larangeiras, e mais algumas espécies não identificadas (muitas árvores estavam peladas por causa do inverno).

Ao analisar a árvore de azeitona, percebi que no mesmo pé tinham azeitonas pretas e verdes. Todas minúsculas pois na semana anterior a família de Nicolina tinha feito a colheita (comi algumas no almoço, que contarei no próximo post).

Dessa colheita, algumas azeitonas são separadas para levar ao local de fazer azeite. Naquele vilarejo, onde parece que o tempo parou – característica, aliás, de todos os vilarejos do Chipre, eles consomem o azeite de oliva de suas próprias azeitonas. Naquela casa todos os alimentos são frescos e cozinhados diariamente e a qualidade dos produtos é soberba e melhor de tudo – organica. Fiquei maravilhada com a idéia de comer todos os dias o azeite de oliva organico do seu proprio quintal. Viver parado no tempo, afinal, tem suas vantagens.

Fiquei intrigada com aquilo – azeitonas verdes e pretas convivendo pacificamente, compartilhando galhos da mesma árvore. Eu sempre pensei que elas vinham de árvores diferentes.

Será que as pretas estariam podres?

Fui checar com a mãe de Nicolina que me explicou o fenômeno. E assim descobri que as azeitonas verdes, como o nome já diz, são verdes, colhidas de Agosto a Setembro. As pretas, ou maduras, são colhidas no meses subsequentes.

olive-tree

7 thoughts on “azeitona verde x azeitona preta

  1. isso e muito interessante poder fazer o proprio azeite mas onde vamos para poder fazer isso eu tenho muita azeitona mas so a utilizo para comer e o resto estraga-se gostaria de poder fazer azeite aqui na zona de obidos ou bombarral agradeço de-ja a quem me poder dar essa informaçao.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


one − = 0

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>