comportamento

a tendência granny chic

Enquanto parece que o mundo inteiro quer rejuvenescer, enquanto o planeta padece da doença do não saber envelhecer, com uma busca incessante por tratamentos e produtos para parecer mais novo, numa psicose, obsessão e pânico geral, se instala a tendência granny chic (vovozinha chique).

Foto: http://advancedstyle.blogspot.com.br/

Esta tendência vintage, vem se alastrando pela moda, decoração, beleza, arte, livros e até cinema.

Fotos

Foto: apartmenttherapy.com

Na verdade este movimento vem tomando corpo há alguns anos. Quem não lembra do desfile do Ronaldo Fraga na SPFW com modelos da terceira idade no inverno de 2009?

Granny chic são traços de gerações passadas e atualizar o vintage, o feito à mão, o de segunda mão com um lado moderno.

O que vemos?

Capas de revista com mulheres maduras.

Coleções de roupas inteiras feitas em homenagem à mulheres com mais idade.

Cabelos grisalhos assumidos.

Crochê.

Renda.

Valorização de produtos feitos à mão.

Compras em mercados de rua e antiquários.

Malas e chapeleiras antigas decorando.

Para desdizer e criticar esta neurose que ronda pelo mundo do medo de envelhecer, a terceira idade vem sendo valorizada no mundo da moda e design. E assim esta mensagem vai se espalhando.

Iris Apfel, designer de interiores, socialite e ícone da moda mundial, uma americana de 90 e poucos anos é a verdadeira porta voz desta mensagem.

Ela é a estrela de alguns editoriais de moda, com toda sua bossa e estilo próprio, inconfundível.

Iris Apfel será a estrela do documentário de Albert Maysles, o mesmo diretor de Grey Gardens.

.

IRIS APFEL PROMO from Laura Coxson on Vimeo.

.
Ari Seth Cohen revolucionou o mundo da fotografia de moda com seu blog Advanced Style (Estilo Avançado) onde fotografa mulheres estilosas da terceira idade. É uma espécie de The Sartorialist de mulheres de 70 anos pra cima. O blog virou livro e já é um sucesso.

E pra não ficar só no mundo feminino, Karl Lagerfeld continua esbanjando charme com seu estilo eternamente preto e branco e Bill Cunningham, também protagonista de um documentário (que recomendo), com todo sua simplicidade e olhar sensível e atento, ronda de bicicleta pelas ruas de Nova York com sua câmera no auge dos 80 e poucos anos. Ambos os trabalhos são valorizados e ainda não veio um jovem de 20 e poucos anos fazer igual.

Vamos nos inspirar e acima de tudo respeitar. Pois como os japoneses cultuam, os mais velhos são mais sábios, vividos e tem muito o que nos ensinar.

E quanto ao medo de envelhecer, lembre-se que a terceira idade pode ser a melhor idade e que como tudo indica, é a nova juventude.

Atitude, estilo e vivência podem andar juntas.

Foto: advancedstyle.blogspot.com.br

Saber envelhecer é uma arte.

2 thoughts on “a tendência granny chic

  1. Pingback: livro Kate Spade New York: Things We Love | Escapismo Genuíno

  2. Pingback: Kate Spade loves… | Trend Alert

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


nine × = 36

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>